CARTA DO GESTOR 12/2021: ARTESANAL TOTAL RETURN FIM

O fundo encerrou o mês com rentabilidade positiva de 4,07% e, no acumulado do ano de 2021, desvalorização de 6,06%. Esse resultado foi devido, principalmente, pela recuperação do par que carregávamos no Book em bancos públicos que ainda vislumbramos um gap na precificação desses dois ativos e, também, pela operação de Cosan contra São Martinho, que vem contribuindo favoravelmente, após a diversificação da companhia em outras áreas fora do setor de energia. As posições direcionais, decorrentes das operações de volatilidade, também contribuíram positivamente, com destaque para CIEL. O papel continua descontado em relação aos pares listados em NY (STNE e PAGS) que tem muito crescimento embutido nos preços, no entanto, a Cielo possui um market share maior, além operar em outros nichos como crédito. Aproveitando o momento de alta nos juros dado o aumento da SELIC pelo COPOM, continuamos posicionados, de forma estratégica, em uma parcela de Crédito Privado em FIDCs 100% gestão Artesanal Investimentos.


Recomende esse texto: