CARTA DO GESTOR 06/2018: Artesanal FIC de FIM

“O Fundo Artesanal FIC FIM obteve rentabilidade de 0,57% em termos nominais, que representa 110,11% do CDI no mês.

Encerrando o semestre a 2,89%, o que representa 91,16% do CDI.

No decorrer desse primeiro semestre, fizemos algumas modificações nas estratégias do Fundo.

Seguimos com a alocação em Letra Financeira e Crédito Privado sem grandes mudanças.

Nossa posição de LFT também foi mantida, durante todo o período, tentamos encurtar nosso papeis de 2023 para 2020 afim de capturar ganhos futuros. Conseguimos fazer apenas uma parcela do esperado, mas seguimos com a estratégia ativa.

As operações com termo de ações foram descontinuadas, devido à incerteza de um aumento da curva futura de juros, principalmente nesses últimos dois meses. Não temos intenção em nos posicionar de forma pré-fixado, e seguimos fazendo apenas operações pontuais.

Nas estratégias com opções, descontinuamos nossa operação de financiamento vs Ibovespa devido a não aderência do hedge, seguimos apenas com o financiamento e reversão.

Em Long&Short, no decorrer do período, nosso destaque de perda foi para os pares nos setores de Papel e Celulose e Açúcar & Etanol, na ponta positiva, tivemos êxito nos pares de Consumo, Bancos e Rodovias, e seguimos posicionados em bancos e rodovias.

Seguimos posicionados em ambas as Holdings, Itausa e Bradespar, descontinuamos Gerdau devido a OPA realizada para a troca de ações ON em PN, acarretando em baixa liquidez para os papeis ON, Banco do Brasil temos feito com muita cautela, devido ao risco político e não sistemático envolvido no papel.

Para o próximo semestre, há a intenção em manter a carteira atual do Fundo, buscando pares descontados e que sejam interessantes para nossa estratégia de L&S, distorção de preço relevantes nas Holdings e oportunidades de arbitragem, tanto nas opções quanto em papeis do Ibovespa.

Agradecemos pela confiança.

Equipe de Gestão Artesanal Investimentos.”


Recomende esse texto: