Carta do Gestor: Artesanal FIC de FIM

Prezados,

Conforme adiantado no comentário do mês de junho, mantivemos as estratégias do fundo.

As posições de LFT (Títulos de Tesouro) foram mantidas, não ocorreram negociações consideráveis no decorrer do mês. Fizemos algumas trocas, mas nada que de fato tenha nos gerado alpha, as posições em sua grande maioria com vencimento 2022 e 2023, serão mantidas para os próximos meses, sem intenção de ajustes no curto prazo.

As operações de arbitragem continuam contribuindo de forma esperada, não há por parte da equipe de gestão, nenhuma expectativa no curto prazo para que essas gerem retornos substanciais, devido à baixa liquidez.

As operações de Holding seguiram em linha com a nossa expectativa, no decorrer do mês, tivemos a aquisição de Alpargatas por parte da Itausa, Cambuhy e BW. Voltamos a operar esse desconto devido a um posicionamento do Management da empresa, para futuras aquisições e participações na Holding do grupo. Nas demais operações, temos apenas uma pequena posição em Bradespar, por acreditarmos que, o desconto possa vir para níveis de 16%, mas deve se estabilizar em 19%. Deixamos de estudar essa tese, devido a OPA que será realizada no dia 22/08.

No book de Long&Short, zeramos nossas operações de BBDC3 vs BBDC4, e Tolls and Roads (ECOR3 vs CCRO3), montamos uma pequena posição em Lojas Americanas que  até o fechamento do mês, não performou da forma esperada, marcando negativamente o book.

Financiamento de opções, demos continuidade ao blend de ativos, a estratégia apresentou o resultado esperado devido à baixa alocação.

Continuamos a financiar o termo de ações, tivemos pouca antecipação no decorrer do mês, devido a esse fato, a estratégia tem mantido os níveis de 0,02% de attribution.

Agradecemos a confiança.

Equipe de Gestão Artesanal Investimentos.


Recomende esse texto: