CARTA DO GESTOR: ARTESANAL FIC DE FIM

“O fundo Artesanal FIC de FIM obteve rentabilidade de 1,19% em termos nominais.

Janeiro foi um mês de ajustes em algumas de nossas posições.

Nosso portfólio de LFT foi quase todo alongado, conforme carta de dezembro. Seguimos com a troca dos papeis mais curtos pelos mais longos, buscando capturar ganhos na curva de juros nessa operação.

Junto a operação de alongar nossos títulos públicos, voltamos a fazer as operações de termo com objetivo de capturar a queda da taxa de juros. Conforme já citado anteriormente, não tínhamos essa estratégia em função da baixa rentabilidade gerada nos últimos meses, porém, a queda da taxa juros gerou uma melhora na rentabilidade dessas operações e, algumas antecipações nos fez reavaliar melhor esse investimento, onde estamos com algo em torno de 3% do Fundo e uma duration média de 45 dias.

Na estratégia de Financiamento e Reversão de opções, aumentamos nossa gama de papeis para diluir ao máximo possíveis volatilidades geradas pela estratégia. Nossa intenção é voltar a obter ganhos de forma gradual e, acreditamos que possa haver algum movimento mais brusco por parte de alguns papeis, devido a temporada de resultados do último trimestre.

As operações de BM&F e Arbitragem tiveram o retorno esperado.

No book de Long&Short, mantivemos nossas operações entre as ações do setor de Minério, Siderurgia, Papel e Celulose, adicionamos novamente o setor bancário ao nosso portfólio e estamos estudando duas novas operações, uma no setor de Malls e outra no setor de Seguros. Estamos sempre em busca de novos papéis, onde possa haver captura de ganho devido a distorções de mercado, e um valuation atrativo em relação ao setor.

Nas operações de holding, encerramos nossa estratégia de Bradespar Vs Controladas, a mesma chegou ao desconto onde todo nosso estudo foi fundamentado, algo em torno de 30% devido às incertezas futuras sobre o acordo de acionistas. Ainda somos muito ativos em todos os descontos gerados por Holdings e participações societárias, em operações de curtíssimo prazo.”


Recomende esse texto: