CARTA DO GESTOR: ARTESANAL CP FIC FIM

“Como tem ocorrido regularmente, o nosso fundo manteve sua estratégia de retorno com uma rentabilidade no mês de abril de 1,11% contra um retorno do CDI Over de 0,79%, o que fez com que pelo terceiro mês consecutivo mantivéssemos a relação de ganho sobre o CDI Over superior a 140%.

Essa tendência se manterá por mais alguns meses, enquanto o Comitê de Política Monetária (CoPoM) continuar sua trajetória de redução da taxa de juros básica que deverá atingir um dígito antes do segundo semestre.

No mês de abril não houveram alterações com relação a estratégia de investimento, contudo, dada as movimentações de cotas que tivemos durante o mês, a participação dos fundos geridos pela Artesanal atingiu o patamar de 98,48%, o que reforça nosso compromisso de elevação do nível de controle, que possuímos sobre nossa carteira de ativos.

Com relação a tendência de crescimento do fundo em 2017, acreditamos que o reforço nas expectativas positivas do mercado gerado pela aprovação da reforma trabalhista e, principalmente pelo início do andamento da reforma previdenciária, fará com que exista uma recuperação mais robusta nos segmentos voltados ao mercado interno, elevando a necessidade de capital de giro e financiamento ao consumidor.

Essas duas demandas, associadas ao incremento da geração de emprego, fará com que seja demandado uma quantidade de recursos adicional no mercado de crédito, que não deverá ser suprido pelo setor bancário. Nesse gap de oferta de crédito, existiram boas oportunidades que o nosso fundo poderá aproveitar para elevar, tanto a quantidade de recursos quanto ao nível de retorno.

Agradecemos a confiança.

Equipe de Gestão Artesanal Investimentos.”


Recomende esse texto: