CARTA DO GESTOR: ARTESANAL CP FIC FIM

“Conforme observado na nossa última carta, o processo de redução acelerada da taxa de juros implementada pelo CoPom (nova redução de 0,75% a.a. na reunião do final de fevereiro), fez com que o fundo elevasse sua rentabilidade expressa em %CDI. No mês de fevereiro o Artesanal CP FIC FIM teve a sua segunda melhor performance histórica em % CDI Over, atingindo 141% antes 137% do mês de janeiro.

Essa melhora na rentabilidade só reforça nossa convicção de que, adotamos a estratégia correta em diversificar os indexadores do fundo, mantendo parte da nossa carteira pré-fixada ou com retorno relacionado a outros fatores diferentes de % do CDI. Como o investimento nesses ativos são de médio prazo, deverá se manter essa tendência durante uma boa parte do ano de 2017, desde que o BaCen continue na sua trajetória de redução dos juros.

Durante todo o mês de fevereiro e nos próximos meses, estaremos implementando a estratégia de aumentar o número de fundos, tipos de cotas e de indexadores das cotas que o fundo aplica, de forma a tornar mais estável a sua rentabilidade, com uma redução do risco de crédito individual pela maior diversificação. Além disso, continuaremos com nosso objetivo de consolidar durante o ano de 2017, a estratégia de concentrar 100% dos investimentos do fundo em FIDC que estão sobre a gestão da Artesanal. Essa decisão eleva a qualidade do gerenciamento do risco, pois, teremos maior controle sobre os processos de seleção de créditos nos fundos investidos.

Com relação as perspectivas para 2017, o início do ano que trouxe a elevação do nível de confiança, tanto de empresários como de consumidores, deverá impulsionar a maior demanda das linhas de créditos, aumentando a necessidade de recursos para os FIDCs. Essa maior demanda está em linha com a nossa estratégia de aumentar o número de fundos durante esse ano.

Agradecemos a confiança.

Equipe de Gestão Artesanal Investimentos “


Recomende esse texto: